Importação de carros por portos de Vila Velha chega a US$ 1 bilhão ao ano

O comércio de veículos elétricos e híbridos por meio das importações realizadas pelos portos de Vila Velha atingiu um marco impressionante nos três primeiros trimestres de 2023, somando um montante de US$ 1 bilhão: valor que representa o segundo maior volume comercial deste século, o que demonstra um crescimento surpreendente nas operações logísticas do município. “Comparando com o mesmo período de 2022 – quando as importações totalizaram US$ 444 milhões -, alcançamos um número 225% maior, em importações, neste ano”, comemora o prefeito Arnaldinho Borgo.

De acordo com os registros, o valor alcançado em 2023 só foi superado no ano de 2011, quando o volume de importação de carros no Espírito Santo, durante os primeiros nove meses do ano, chegou a US$ 1,37 bilhão. Essa notável evolução foi compilada pelo Observatório da Indústria, que considera notável o panorama atual das importações de carros pelos portos de Vila Velha. “Estamos ultrapassando o desempenho obtido pelas operações de importação realizadas desde o ano 2000, à exceção de 2011 (que fechou com US$ 1,9 bilhão) e 2012 (quando foi movimentado o valor de US$ 1,2 bilhão durante o ano)”, informou Arnaldinho.

Segundo o prefeito de Vila Velha, um dos fatores que contribuíram para o avanço da China neste mercado foi a entrada de montadoras especializadas em veículos elétricos e híbridos (como BYD e GWM) no Brasil. Ele explica que a atual conjuntura é reflexo de uma mudança significativa ocorrida nos principais países fabricantes de veículos, nos últimos anos.

“Em 2012, a Coreia do Sul liderava as importações de automóveis pelo Espírito Santo, seguida pelo Reino Unido, China e Alemanha. Entretanto, em 2023, a China tomou a liderança absoluta deste segmento, com 41% das importações no período de janeiro a setembro, seguida pela Alemanha e pelos Estados Unidos. A BYD, reconhecida como a maior vendedora de carros elétricos no mundo, possui hub de importação de veículos no Espírito Santo e planeja importar, pelos portos de Vila Velha, mais 15 mil veículos até dezembro”, afirma ele.

E Arnaldinho prosseguiu: “O importante é que a economia canela-verde continua prosperando com esta atividade, que reforça a posição do nosso município como maior polo de importação de veículos elétricos chineses do Brasil. E pelas nossas estimativas, o volume de importações de carros elétricos pelos portos de Vila Velha quadruplicará no próximo ano e deverá chegar a 150 mil veículos. Assim, esperamos superar até mesmo o recorde de importações de 2011”, assinalou.

Para o prefeito de Vila Velha, apesar de representar apenas 2% da frota de carros de passeio no Brasil, os portos de Vila Velha já respondem por 27% de todo o volume financeiro das operações de importação de carros realizadas no país. “Essa liderança é impulsionada pela eficiente infraestrutura portuária da nossa cidade e pela localização estratégica de Vila Velha no mapa logístico brasileiro. É claro que a possibilidade de reduzir alíquotas de ICMS para apenas 4%, nas operações de importação, ajuda a tornar o Espírito Santo um destino ainda mais competitivo para os importadores nacionais. E neste contexto, Vila Velha ganha um protagonismo cada vez ainda maior”.


Claudio Figueiredo PMVV

Foto: Adessandro Reis

Categorias

jornalresgate