Assembleia Legislativa veste verde e amarelo para torcer pela seleção brasileira feminina de futebol durante a Copa do Mundo


Sede do Legislativo receberá as cores do Brasil durante a Copa. Em dias de jogo da equipe nacional, expediente iniciará às 12 horas.

A Assembleia Legislativa do Espírito Santo (ALES) demonstra seu apoio à seleção brasileira feminina de futebol durante a Copa do Mundo Feminina, vestindo as cores verde e amarelo. A partir desta terça-feira, 18, a sede do Poder Legislativo receberá uma iluminação especial para celebrar a participação das mulheres brasileiras nessa importante competição.

A decisão de iluminar o prédio partiu do presidente da ALES, deputado estadual Marcelo Santos, reconhecendo a relevância do torneio e o orgulho representado pelas jogadoras que vestem a camisa do Brasil. “Ao vestir as cores do país e iluminar a sede do Legislativo, queremos demonstrar nosso compromisso em promover a equidade de gênero no esporte e na sociedade em geral”, afirmou o presidente Marcelo Santos.

Além da iluminação especial, o chefe do Poder Legislativo capixaba editou o ato 1767/2023 estabelecendo horários especiais de funcionamento da Casa em dias de jogos do Brasil. De acordo com o texto publicado no Diário do Poder Legislativo desta terça (18), o expediente no Palácio Domingos Martins será das 12h às 19 horas, visando incentivar os servidores e o público a acompanharem as partidas e valorizarem o desempenho das mulheres que defendem o país nessa competição de alto nível.

A iniciativa da Assembleia Legislativa do ES em apoiar a seleção brasileira feminina de futebol ressalta a importância de valorizar e reconhecer o talento das mulheres que representam o Brasil nessa competição de destaque mundial.

O deputado Marcelo Santos destaca que o esporte é uma ferramenta poderosa para a inclusão e empoderamento das mulheres, e que a Copa do Mundo Feminina é uma oportunidade única para inspirar futuras gerações de atletas e promover a igualdade de oportunidades no futebol. “É importante valorizar, apoiar e torcer pelas mulheres que, com determinação e talento, representam o Brasil nessa competição, enchendo o país de orgulho e admiração. Que cada vitória e conquista das nossas atletas sirvam como exemplo de força e superação, estimulando a igualdade de gênero e o reconhecimento do potencial das mulheres em todas as esferas da sociedade”.

A seleção feminina fará sua estreia no dia 24 de julho contra o Panamá, às 08h (horário de Brasília), no Hindmarsh Stadium, em Brisbane, na Austrália.

Foto – Amanda Martinelli

Categorias ,

jornalresgate