ALERTA: A cada segundo, 15 animais morrem atropelados no Brasil. Dois casos chegaram à CPI essa semana e houve adesivaço para conscientizar motoristas

ALERTA: A cada segundo, 15 animais morrem atropelados no Brasil. Dois casos chegaram à CPI essa semana e houve adesivaço para conscientizar motoristas.

 

Neste mês de maio, acontece no mundo uma campanha de conscientização para a segurança no trânsito idealizada pela ONU, o Maio Amarelo. E não são apenas os seres humanos que estão em risco nas estradas e ruas. Todos os dias, animais silvestres e domésticos são vítimas de atropelamentos. Segundo informações do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE) da Universidade Federal de Lavras (MG), estima-se que 475 milhões de animais morram em rodovias a cada ano, são 15 mortes por segundo, 1,3 milhão por mês. Um número alarmante que pede atenção e ação.

Para conscientizar a população sobre a importância de proteger os animais no trânsito, a Comissão de Proteção e Bem-Estar dos Animais, presidida pela deputada estadual Janete de Sá, promoveu um adesivaço nesta terça-feira, dia 14 de maio. Os motoristas receberam adesivos com a mensagem: “Eu freio para os animais”, como parte das atividades do Maio Amarelo.

“A proteção dos animais no trânsito é uma preocupação urgente. Milhares de animais são atropelados todos os dias, sofrendo lesões e mortes evitáveis. Com o alerta, esperamos sensibilizar os motoristas para que adotem comportamentos mais seguros, protegendo não apenas os animais, mas também os ocupantes dos veículos”, ressalta a deputada Janete de Sá.

*Dois casos chegaram essa semana à CPI*

Infelizmente, casos de atropelamentos de animais são frequentes em nosso estado. Essa semana a CPI dos Maus-Tratos contra os Animais, presidida pela deputada Janete de Sá, recebeu duas denúncias:

• Na Serra, um pitbull foi atropelado próximo ao condomínio Alphaville e estava se arrastando ferido há duas semanas. Graças à ação da equipe da CPI e do bem-estar animal do município, o cachorro foi resgatado para tratamento e adoção.

• Em Cariacica, um animal atropelado precisou de socorro urgente. A CPI atuou para garantir que ele recebesse os cuidados veterinários necessários e está em estado grave.



A população é essencial para ajudar a identificar os responsáveis por esses atropelamentos. Caso tenha informações, entre em contato com a CPI dos Maus-Tratos contra os Animais pelo telefone 3382-3513 ou pelo WhatsApp 27 99816-3788.

* Se precisar de vídeos do adesivaço, só me falar.
* ⁠E quem desejar ter o adesivo pode entrar em contato com a Comissão de Proteção e Bem-Estar dos Animais pelo WhatsApp: 99816-3788

Assessoria de Imprensa
Deputada Janete de Sá

Categorias

jornalresgate